27 de outubro de 2021

Bahia Política

Sem Meias Verdades

ANS investiga indícios de infrações cometidas pela Prevent Senior

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

[ad_1]

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou nesta sexta-feira (1º) comunicado para informar que está tomando todas as providências possíveis para apuração dos indícios de infrações à legislação da saúde suplementar e está atuando para um rápido retorno à sociedade dentro de suas atribuições, com relação às denúncias divulgadas esta semana sobre a operadora Prevent Senior pela CPI da Covid-19.

“A ANS iniciou suas ações tão logo teve ciência das denúncias contra a Prevent Senior. Assim que foram divulgadas as denúncias de interferência da operadora no trabalho dos médicos e de não comunicação da operadora sobre o uso de medicamentos, a ANS instaurou processos de apuração (respectivamente em 8/09 e em 20/09) e realizou diligências in loco e telefônicas; solicitou informações à operadora; enviou ofícios a médicos e ex-médicos; e realizou reunião presencial com representantes da operadora. As análises das informações estão em curso e são necessárias para subsidiar as decisões sobre medidas que venham a ser tomadas pela ANS”, aponta o comunicado.

A agência reguladora ressaltou ainda que “não tem competência para regular a atividade de profissionais e dos estabelecimentos de saúde”. Segundo a nota, a Prevent Senior tem obrigação de manter a assistência aos seus mais de 540 mil beneficiários – “com qualidade e em tempo oportuno”.

Para esclarecimento de dúvidas ou registro de reclamações e de denúncias, a ANS disponibiliza os seguintes canais de atendimento: Disque ANS: 0800 701 9656, Fale Conosco em www.gov.br/ans e a central de atendimento ao deficiente auditivo: 0800 021 2105.

[ad_2]

Source link

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
WhatsApp