5 de dezembro de 2021

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Sessão Especial trata sobre o retorno da Guarda Municipal para Camaçari

Foto; divulgação (Ascom/ CMC)

Na manhã desta quinta-feira (28/10), a Câmara Municipal de Camaçari realizou uma Sessão Especial com o tema “Violência Requer Prevenção”, para debater as políticas públicas de prevenção à violência dentro do município e prestar homenagem aos guardas municipais de todo o país. A sessão foi solicitada pelo presidente da Casa, o vereador Júnior Borges (DEM).

O primeiro palestrante foi o presidente da ONG SOS Segurança da Vida, o guarda municipal do Estado de São Paulo, Maurício Domingues Naval, que apresentou os trabalhos que realizam por todo o Brasil no sentido de cobrar por mais profissionais da categoria em todo o país. Para Domingues, a Guarda Municipal “consegue diminuir a violência em até 64% nos municípios em que ela atua”. Ele ainda buscou explicar as diferenças de poderes entre as Guardas Municipais e Polícias Estaduais, que decorre do poder de Polícia Administrativa no cuidado ao patrimônio público.

Publicidade

Já a vice-presidente da ONG Segurança dá Vida, a guarda municipal do Estado de Rondônia, Rosilene Brito, trouxe dados e informações legais sobre a preparação das Guardas Municipais pelo país, tanto à formação pessoal dos agentes, quanto aos equipamentos necessários para um trabalho realmente eficiente.

Após a fala dos convidados, foi a vez dos vereadores inscritos darem seus posicionamentos acerca do tema. O vereador Jamessom (PSL) utilizou a tribuna e disse que “é necessário que a Guarda Municipal volte a funcionar no município, já que temos funcionários concursados para o cargo que atualmente estão trabalhando em outras funções. É necessário que façamos novos concursos para a Guarda, pois é muito nociva ao município a terceirização desse serviço”.

O vereador Tagner (PT) foi outro dos parlamentares a utilizar a tribuna, solicitando que a Casa “estimule esse debate a respeito das Guardas Municipais, que foram extintas do município ainda em 1997, e que se busque diálogo com o prefeito para que ele dê uma resposta sobre se a Guarda Municipal vai voltar ou não em Camaçari”. Após a fala de todos os inscritos, o presidente da Casa agradeceu a todos os presentes e colocou a Câmara à disposição para que Camaçari possa ter uma Guarda Municipal funcionando. (Ascom)

Baixe nosso aplicativo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
WhatsApp