30 de junho de 2022

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Evento sobre criptomoedas fomenta turismo de negócios na Bahia

Foto reprodução; Tatiana Azeviche/ Setur

Disseminar informações sobre o mercado de criptomoedas, as moedas digitais negociadas diretamente pela internet, sem conexão com o sistema financeiro tradicional. Esse foi o objetivo do 1° Start Cripto Norte-Nordeste, realizado neste sábado (27), no Centro de Convenções, na orla da Boca do Rio, em Salvador. O evento reuniu mais de 300 participantes entre especialistas, investidores e estudantes de economia, com o apoio da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA).

Presente no encontro, o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar, falou sobre as ações do órgão na atração de eventos para a Bahia. “Fechamos parcerias com diversos segmentos e ajudamos na promoção, para fomentar o turismo de negócios no estado. No encontro de hoje, acompanhamos a discussão sobre um tema bem atual, que é a moeda eletrônica e seu impacto na economia”.

Atualmente, existem milhares de criptomoedas no mundo, sendo o bitcoin a mais conhecida e negociada. A valorização depende de alguns fatores, como o movimento na oferta e procura e a aceitação do mercado.

Segundo o coordenador do Start Cripto, David Costa, as transações com moeda digital são seguras e rastreáveis, mas o investidor precisa estar bem informado sobre como elas funcionam. “Na criptoeconomia, as movimentações financeiras seguem uma normativa da Receita Federal. A criptomoeda é considerada um bem e é passível de declaração no imposto de renda”, explicou Costa.

Ainda de acordo com o empresário, que investe em criptoativos há 12 anos, em 2020 a Receita Federal arrecadou uma média de R$ 8 bilhões mensais com esse tipo de transação. Neste ano, a arrecadação mensal subiu para R$ 18 bilhões, o que demonstra o crescimento exponencial do mercado.

Fonte: Ascom/Setur

Secom – BA