26 de junho de 2022

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Museu de Arte Sacra de São Paulo traz presépio de papel machê

Museu de Arte Sacra de São Paulo traz presépio de papel machê

 

O Museu de Arte Sacra de São Paulo apresenta, até o dia 9 de janeiro de 2022, a exposição Nasceu o Menino – A Natividade em Papel Machê, da artista plástica Madalena Marques. São 13 conjuntos de presépios feitos de papel machê.

A artista extraiu, partir de pinturas de autores nacionais e internacionais, as cenas que foram reproduzidas tridimensionalmente de maneira fidedigna em papel machê para a exposição. Para que o público possa comparar, a instalação traz uma reprodução fotográfica de cada obra original.

Na técnica de papel machê, é preciso paciência. Os tempos de secagem são estudados, a estrutura dos corpos entre esqueletos e enchimentos é preparada, as vestes são produzidas a partir de técnicas como pintura, bordado, crochê, tricô e os cabelos são feitos em lã ou linha.

A artista Madalena destaca que escolher trabalhar com presépios em um ano atípico de pandemia fez com que ela experimentasse valores essenciais da vida, como a família e o amor que renasce a cada dia.

Com curadoria de Jeison Lopes Pereira e João Paulo Berto, a exposição está na Sala Mas/Metrô – Estação Tiradentes de terça a domingo, das 11 às 17h, até 9 de janeiro de 2022.

O Museu de Arte Sacra de São Paulo abre a exposição “Nasceu o Menino – A Natividade em Papel Machê”, da artista plástica Madalena Marques. São treze conjuntos de presépios feitos de papel machê.

Exposição Nasceu o Menino – A Natividade em Papel Machê, da artista plástica Madalena Marques – Divulgação/Museu de Arte Sacra de São Paulo

Agência Brasil