22 de maio de 2022

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Gilvan indica realização do Censo Municipal das pessoas com deficiência

Vereador de Camaçari Gilvan Souza

Foto divulgação

Quem são as pessoas com deficiência de Camaçari? O que fazem? Onde vivem? Parece chamada de matéria para a TV, mas essa é uma importante demanda para as políticas públicas do município. Essa necessidade foi apontada pelo vereador Gilvan Souza, que apresentou a Indicação Nº 175/2022, solicitando a criação do programa Censo-Inclusão e o Cadastro-Inclusão para identificação, mapeamento e cadastramento do perfil socioeconômico das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

O Censo Municipal deve ser realizado pelo Executivo Municipal, através da Secretaria de Saúde (SESAU) e a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEDES), através de coleta de dados e atualizado anualmente. A Indicação prevê ainda, que os dados estejam acessível ao público, no Portal da Transparência da Prefeitura.

Gilvan indica realização do Censo Municipal das pessoas com deficiência
Divulgação

O mapeamento, abrangendo os aspectos socioeconômicos, as condições de habitação e de mobilidade urbana das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida residentes no município de Camaçari, visa fornecer subsídios para a formulação de políticas públicas que promovam a acessibilidade e a inclusão social destas pessoas.

De acordo com o vereador, compreender e captar dados de pessoas com deficiência estimula a pesquisa e esforços para prover serviços (educacionais, laborais, informacionais) que permitam essas pessoas a terem maior acessibilidade e oportunidades. “Todo e qualquer dado sobre a deficiência, possibilita a formulação de políticas públicas, o acompanhamento de como essas medidas estão sendo eficazes e auxilia na formulação de medidas apropriadas para eliminar a discriminação e qualquer tipo de defasagem ocasionada”, defende Gilvan. (Ascom)