17 de agosto de 2022

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Deati resgata idoso em situação de abandono

A vítima, de 63 anos, recebeu cuidados higiênicos e foi encaminhada para um abrigo. O homem vai passar por exames médicos e acolhimento com psicólogo e assistente social

Foto; divulgação

Um idoso, de 63 anos, que vivia em situação de abandono, foi resgatado por equipes da Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso (Deati), nesta terça-feira (7). Debilitado, ele foi encontrado em sua residência, na localidade da Baixa Fria, na Boca do Rio.

De acordo com a titular da unidade especializada, delegada Heleneci Nascimento, o imóvel onde o homem morava não apresentava condições mínimas para habitação. “Havia muito lixo e entulhos espalhados pela casa, que tinha pouca ventilação”, informou Heleneci, acrescentando que o idoso já estava há 15 dias sem tomar banho.

“Um procedimento foi instaurado na Deati para apurar o crime de abandono material, que se configura quando a pessoa que tem o dever de cuidar de um parente em estado de vulnerabilidade deixa de fazê-lo”, ressaltou a delegada.

Uma das filhas do idoso já foi localizada e vai prestar depoimento na unidade, bem como outros familiares e amigos da vítima, que recebeu cuidados higiênicos e foi encaminhada para um abrigo. O homem vai passar por exames médicos e acolhimento com psicólogo e assistente social.

Equipes da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) participaram da ação, que integra um movimento global em alusão ao Dia Internacional de Conscientização e Combate à Violência contra a Pessoa Idosa. “Um mutirão para concluir e encaminhar ao Ministério Público procedimentos instaurados na Deati, além de palestras para orientar familiares sobre os cuidados com os idosos, integram as atividades desenvolvidas pela unidade em referência ao dia 15 de junho”, destacou Heleneci Nascimento. (SSP)

Acompanhe o Bahia Política pelo aplicativo, siga também nossas redes sociais;  Youtube, também estamos no IntagramFacebookTwitter e Telegram.