28 de junho de 2022

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Policiais triatletas são homenageados pela SSP

Quatro policiais militares e dois policiais civis concluíram o circuito Ironman 2022, composto por 42 quilômetros de corrida, 180 de pedal e quatro de natação

Foto; SSP

Seis integrantes das polícias Civil e Militar foram homenageados pela Secretaria da Segurança Pública, em solenidade realizada na manhã desta terça-feira (21), no auditório do Centro de Operações e Inteligência, no Cab. Os policiais atletas foram destaques no Ironman 2022, realizado em Florianópolis, Santa Catarina.

Concluíram a competição os comandantes das 20ª e 31ª Companhias Independentes de Polícia Militar (Santo Amaro e Valéria), majores Roberto Pinto de Castro e Joel Batista Batalha, respectivamente, o cabo Bruno Oliveira Garcia Landeiro, integrante do Batalhão de Polícia Rodoviária, o soldado Rudney Daltro de Macedo, lotado no Batalhão de Operações Policiais Especiais e os delegados Thiago Pinto, titular da 9ª Delegacia Territorial, e Thiago Rodrigues, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos.

Entre os convidados e homenageados, o nadador e atleta olímpico Edvaldo Valério, que já subiu ao pódio em diversas competições, recebeu a medalha da SSP e falou sobre a disciplina necessária ao grupo para conciliar os treinos, importantes para um bom desempenho na competição, e a rotina do trabalho policial.

Os homenageados também ganharam a medalha da pasta, kits de suplementação esportiva e um vale revisão para a manutenção de bicicletas, utilizadas na competição e treino, fornecidos por empresas privadas que estimulam a prática de esportes.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, falou com orgulho do empenho dos policiais e citou a importância do estímulo à prática esportiva nas corporações. “Faz bem para o corpo e para mente, além de mantê-los preparados para lidar com situações adversas no dia a dia”, parabenizou o gestor.

A Competição

O subsecretário da Segurança, Hélio Jorge Paixão, que também é atleta amador, lembrou que Ironman é uma competição de triathlon que exige muito daqueles que participam das provas.

Durante a competição, os policiais nadaram 3,8 Km enfrentando as baixas temperaturas da água e os movimentos marinhos, seguido por 180,2 Km de pedal e finalizaram com 42,2 Km de corrida em pista de asfalto.

O major Batalha, comandante 31ª CIPM (Valéria), explicou que já havia participado de outras competições, porém com percurso mais curto, e sua rotina de treino começa por volta das 3 horas. “Completar uma prova como essa é uma continuidade do trabalho, uma rotina, foram longos sete anos de preparo, já venho desde 2016 participando de provas e fazendo um preparo todo especial para chegar a este ápice”, lembrou o oficial, que estimula a prática entre os PMs da unidade.

Há um ano e meio no thiatlon, o delegado Thiago Pinto, titular da 9ª DT, explicou que já iniciou com uma prova a longa distância. “A rotina é desgastante, de abdicações, de privações, acordar todo dias às 4h da manhã, treinar até as 7h, e logo em seguida se preparar para a rotina de trabalho e tentar dormir o máximo possível”, lembrou o policial, que completou a prova em pouco mais de 11 horas.

O superintendente de inteligência da SSP, Ivo Tourinho, também foi homenageado após participar da Maratona do Rio de Janeiro 2022, onde concluiu o percurso de 42,19 quilômetros de corrida no asfalto. (SSP)

Acompanhe o Bahia Política pelo aplicativo, siga também nossas redes sociais;  Youtube, também estamos no IntagramFacebookTwitter e Telegram.