Cupertino, acusado de matar ator e os pais dele

Foragido, homem procurado por matar o ator Rafael Miguel ia ao cabeleireiro com regularidade para manter o disfarce ao longo de 15 meses.

Foto: Bahia Política

O homem mais procurado do país não descuidou da aparência durante os 15 meses de fuga. Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele, frequentava assiduamente um salão de beleza quando esteve escondido na cidade de Eldorado, no Mato Grosso do Sul. O interesse dele, no entanto, não era manter a vaidade, mas o disfarce.

Publicidade

A barbearia no centro da cidade era um dos poucos lugares frequentados por Cupertino quando ele saía da zona rural da cidade. O assassino mais procurado do país se sentava em uma cadeira , era atendido pelo dono e não fazia questão de se esconder.

“Ele começou a frequentar de 20 em 20 dias, até duas vezes no mês ele vinha. Chegava aqui, se enturmava de um jeito como se já tivesse conhecido a pessoa há muito tempo’, conta Edgar, o cabeleireiro.