Prefeito de Mata de São João é alvo de pedido de impeachment por suposta prática de nepotismo

O vereador Sérgio Bogoió (PSD) protocolou pedido de impeachment na Câmara Municipal de Mata de São João contra o atual prefeito Marcelo Oliveira (PSDB).

Foto: Reprodução/ Facebook

Segundo a denúncia, Oliveira cometeu a prática de nepotismo cruzado ao nomear nove pessoas, no mês de agosto deste ano, incluindo mãe, irmã, sobrinha, nora e neto.

No documento, o vereador, que também é presidente do Partido Social Democrático (PSD) de Mata de São João, acusa o prefeito de favorecer seus parentes, comprovando, segundo o vereador, a hipótese de fraude.

“Esclarece-se, como visto, trata-se de substituição dos pré-candidatos a vereadores nas eleições de 2020 por parentes próximos a eles, sem qualquer demonstração de qualificação técnica para o sobredito posto, configurando além de nepotismo cruzado, verdadeira fraude a legislação vigente, já que afronta os princípios da razoabilidade, da moralidade, da impessoalidade, da isonomia e da eficiência na administração pública, todos descritos no artigo 5 e 37 da Constituição Federal”, defende o vereador.

Publicidade – Duas lojas em Barra do Pojuca, loja no Alto da Cruz e no Jardim Limoeiro em Camaçari.

Além do pedido de impeachment, Bogoió defendeu a instauração de inquérito penal para apurar as possíveis irregularidades denunciadas. Ele pede ainda que o ex-prefeito, João Gualberto, atual candidato à prefeitura pelo PSDB, também seja investigado.

O requerimento foi lido em sessão ordinária no início da noite de terça-feira (03). Por falta de quórum, essa votação teve que ser adiada e ainda não há nova data.