24 de fevereiro de 2024

Bahia Política

Sem meias verdades

Pastor que pediu que Deus ‘arrebentasse a mandíbula’ de Lula diz ter recebido ligações da PF

Foto: Reprodução/ YouTube

O pastor evangélico Anderson Silva, líder da igreja Vivo por Ti em Brasília, afirmou ter recebido ligações da Polícia Federal após uma live em que fez uma oração pedindo para Deus “arrebentar a mandíbula” do presidente Lula. Durante a transmissão, ele e o deputado Nikolas Ferreira falaram sobre orações para prejudicar adversários políticos, com o parlamentar aliado de Bolsonaro sugerindo até a decapitação de inimigos. Silva argumentou que suas palavras foram metafóricas, citando passagens bíblicas, e negou incitar violência. Flávio Dino, ministro da Justiça, solicitou à PF uma investigação após a repercussão do vídeo, considerando a fala como incitação à violência, destacando sua natureza antirreligiosa e criminosa.

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp (Clique aqui)

Anderson Silva, pastor da igreja Vivo por Ti em Brasília, afirmou ter sido contatado pela Polícia Federal após uma live em que fez uma polêmica oração envolvendo o presidente Lula. Durante a transmissão, ele e o deputado Nikolas Ferreira discutiram sobre orações para prejudicar adversários políticos, com o parlamentar sugerindo até a decapitação de inimigos. Silva defendeu que suas palavras foram metafóricas, citando passagens bíblicas, e negou incitar violência. O ministro da Justiça, Flávio Dino, solicitou à PF uma investigação do caso, considerando a fala como incitação à violência e destacando sua natureza antirreligiosa e criminosa.

Siga Bahia Política  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram. Faça parte do nosso grupo no WhatsApp se preferir entre em nosso canal no Telegram.