24 de fevereiro de 2024

Bahia Política

Sem meias verdades

PL tem nomes para eleição de Feira de Santana

Foto; divulgação

O presidente do PL na Bahia, João Roma, confirmou, em entrevista à Rádio Subaé, de Feira de Santana, presença na cidade para a inauguração da sede municipal da sigla no município, no dia 1º de dezembro, que é presidido pelo empresário Raimundo Júnior. Roma também salientou a inclinação do PL baiano de lançar candidatura própria em Feira para disputar as eleições para prefeito em 2024.

“Já instituímos o diretório do PL aí no município, bem como o diretório do PL Mulher, do qual está à frente Leonídia Umbelino, que foi a vice em minha chapa de candidatura ao governo estadual. Estamos muito otimistas para agregar lideranças, jovens que queiram participar da política. Estamos também trabalhando a possibilidade de lançar uma chapa para disputar a Prefeitura de Feira de Santana, mas estamos, em especial, focados em formar uma chapa muito competitiva para formar uma grande chapa de vereadores”, disse Roma.

Dentre os nomes que podem encabeçar a candidatura a prefeito, estão Leonídia e Raimundo Júnior, Neto Bahia, atualmente à frente da Unagro, também deputado federal Capitão Alden. “Em uma reunião recentemente comigo, ele manifestou o interesse de estar mais próximo de Feira de Santana; ele que foi um deputado federal muito bem votado na cidade e quer disputar um projeto para Feira e deseja apresentar o nome dele”, comentou o dirigente estadual do PL.

Roma destacou que Feira precisa discutir seu futuro e pensar em novos projetos. O ex-deputado federal e ex-ministro da Cidadania pontuou que Feira sobre com a falta de segurança pública, situação agravada pelos 17 anos de governo petista na Bahia. “Às vezes damos muito mais foco à violência que ocorre em Salvador e nos esquecemos que ela está instalada em todo o Estado da Bahia. Então é válido o interesse de quem quer se disponibilizar a ser prefeito de Feira de Santana, mas todo projeto precisa estar lastreado na viabilidade e consolidado no município, da população de forma geral”, destacou Roma.

O presidente estadual do PL reforçou, durante a entrevista, que pretende lançar uma chapa forte para a formação de bancada na Câmara de Vereadores de Feira de Santana e salientou ser mais importante focar nisso que, por exemplo, ter candidatura a vice em outra chapa na cidade, caso não seja viabilizada um nome próprio da sigla para disputar a prefeitura. “Para afirmar o projeto do partido no município, é muito mais importante ter uma grande bancada de vereadores que ter um vice-prefeito”, salientou.

“Acredito que Raimundo Júnior conseguirá formar senão a melhor, uma das melhores chapas de candidatos a vereador de Feira de Santana”, vislumbrou Roma. O ex-ministro da Cidadania também não descartou apoiar uma candidatura a prefeito que não seja do PL na cidade, reforçando que a única barreira posta é apoio ao candidato do PT, que deve lançar o deputado federal Zé Neto. Há já os nomes postos do deputado estadual Pablo Roberto (PSDB) e do ex-prefeito José Ronaldo (União Brasil).

“Já estive com Pablo Roberto, com o ex-prefeito José Ronaldo, com quem tenho uma relação muito cordial. Recentemente, também nos encontramos em um evento religioso, mas a meta do PL é fortalecer a nossa estrutura para que a gente possa, cada vez mais, representar adequadamente da nossa população”, destacou João Roma, na entrevista à Rádio Subaé.

Siga Bahia Política  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram. Faça parte do nosso grupo no WhatsApp se preferir entre em nosso canal no Telegram.