27 de outubro de 2021

Bahia Política

Sem Meias Verdades

Missão humanitária do Governo Federal chegou ao Haiti nesta segunda-feira (23) – Portal Brasil

Notícias
Defesa Civil
Missão brasileira ao Haiti se encontrou com o Presidente Jair Bolsonaro antes da viagem ao país caribenho – Foto: MDR
A missão humanitária enviada pelo Governo Federal chegou ao Haiti na tarde desta segunda-feira (23). A equipe é coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Defesa Civil Nacional e conta com a participação de 32 bombeiros militares. Nas últimas semanas, o país caribenho foi atingido por terremotos, que causaram mais de 2 mil mortes.
A missão do Governo Federal é amenizar o desastre humanitário. Serão doados ao Haiti dois purificadores de água, capazes de suprir cerca de 4 mil pessoas por dia com água potável e 100% livre de vírus e bactérias, além de kits de medicamentos e insumos estratégicos para assistência farmacêutica emergencial, capazes de atender 50 mil pessoas por até um mês, além de insulina humana e medicamentos de farmácia básica, para possíveis enfermidades derivadas do desastre natural. Também serão disponibilizados especialistas e peritos em busca e resgate de estruturas colapsadas.
O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ressalta que o Presidente Jair Bolsonaro determinou a mobilização de esforços para ajudar o Haiti no enfrentamento da situação vivida pelo país. “Com apoio das Forças Armadas e do corpo diplomático, rapidamente foi montada esta equipe coordenada pelo MDR, que chega hoje a Porto Príncipe e já começa a trabalhar. Como diz o Presidente, é um pequeno contingente, mas com uma grande missão”, destaca.
A missão humanitária é resultado de ação interministerial envolvendo os Ministérios da Defesa (MD), de Relações Exteriores (MRE), da Saúde (MS), da Justiça e Segurança Pública (MJ) e do Desenvolvimento Regional (MDR), definida no âmbito do Grupo de Trabalho Interministerial sobre Cooperação Humanitária Internacional, coordenado pelo MRE.
A equipe brasileira é coordenada pelo diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) do MDR, Armin Braun (foto abaixo). Bombeiro especialista em gestão e planejamento de defesa civil, Braun leva a experiência de uma missão anterior ao Haiti, em 2010. A previsão inicial é que a missão fique no país caribenho por 21 dias.
 
Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional

source

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
WhatsApp